KTO Champions League

A Champions League (em português, Liga dos Campeões) é a mais importante competição de clubes de futebol do planeta, e também a mais importante das competições anuais. Alguns se arriscam mesmo a dizer que a Champions League é até mais importante que a Copa do Mundo de futebol. Independente do prestígio e da aura de magia que a Copa do Mundo vem acumulando desde 1930, aumentada por ser disputada apenas de 4 em 4 anos (como os Jogos Olímpicos), os que defendem a importância da Champions têm um argumento poderoso. Nem sempre os melhores jogadores do mundo estão presentes na Copa, pois você não decide o país onde nasce.

Por que as pessoas gostam de apostar online na Champions League?

Na Champions estão sempre seguramente os melhores jogadores, concentrados nos times mais ricos e mais fortes do mundo. Já não estamos nos anos 1970 e 1980, em que só jogadores europeus em fim de carreira partiam para jogar nos Estados Unidos. Todavia, exemplos como os de Hulk, jogando na China há vários anos, mostram que campeonatos com dinheiro conseguem atrair astros que preferem construir uma carreira sólida e sabem que dificilmente poderão competir com os melhores dos melhores. Para esses, a Europa é o único palco.

Jogos imprevisíveis

Ainda que nos últimos anos o vencedor da Champions tenha se repetido bastante (Real Madrid), em geral os jogos são sempre emocionantes. O sistema de cabeças de chave pode parecer esportivamente menos justo, mas a fase de grupos é sempre muito disputada. Além da luta pelo segundo lugar de acesso às oitavas de final, o terceiro lugar dá acesso a disputar a segunda fase da Liga Europa. Além disso tem os milionários prêmios. Por isso, cada equipe dá sempre o máximo em cada partida.

Emoção crescendo

O sistema de cabeças de chave evita uma fase de grupos, por exemplo, com o Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United e Juventus. Em um grupo desses, haveria “finais antecipadas” logo entre setembro e dezembro; no Natal, um desses times seguiria para a Liga Europa e um outro para casa, eliminado de ambas as competições europeias. Com os cabeças de chave, os maiores times têm maiores possibilidades de seguir em frente. E normalmente é o que acontece, com os “grandes” da Europa caminhando até às oitavas e quartas de final.

Mas atenção, pois isto é a Champions League, e se o favorito não estiver à altura de sua imagem, pode ser rapidamente eliminado. Foi o que aconteceu com o Benfica na temporada 2017-18; candidato à passagem às oitavas, num grupo com Manchester United e os menos cotados Basel e CSKA de Moscou, foi para casa em dezembro com seis derrotas e zero pontos na fase de grupos.

Importância para os prêmios individuais

Vencer a Champions League é quase indispensável para identificar o prêmio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA. Ainda que isso não seja automático, como se viu na recente conquista por Lionel Messi, o fato é que os melhores jogadores do mundo passam sempre pela Champions League, e em equipes de renome que chegam a fases adiantadas da competição.

Reflexo na Copa do Mundo de Clubes

A Copa do Mundo de Clubes, surgida em 2000 e se realiza anualmente desde 2005, veio “institucionalizar” a antiga Copa Intercontinental. As estatísticas mostram a superioridade dos times europeus (e da Champions League , pois obviamente é o vencedor desta competição que se qualifica para a Copa de Clubes) nos últimos anos. A Copa Intercontinental, disputada entre 1960 e 2004, resultou em 22 vitórias para clubes da CONMEBOL e 21 da UEFA. Já a Copa de Clubes foi vencida 11 vezes por times europeus e apenas 4 por times sul-americanos (sempre brasileiros).

Por tudo isso, não é à toa que a Champions League é um dos principais pontos de interesse das apostas online por todo o mundo e também no Brasil. A KTO vem lhe trazer algumas dicas e palpites.

Champions League: estatísticas e mercados de apostas online

Formato da competição

Disputada em cada temportada esportiva europeia (de agosto-setembro a maio do ano seguinte), a Champions League inclui 32 times divididos em 8 grupos de 4 equipes. Terminada a fase de grupos, em dezembro, segue a fase de “mata mata” até à final, realizada em maio.

Vencedores

Olhando à história da competição desde que surgiu como Champions League para a temporada 1992-93, é possível ver um claro domínio dos chamados times do Top-5 de ligas: Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha e França. Os clubes dos três

primeiros países vêm dominando todas as contagens, com Real Madrid e Barcelona vencendo 11 dos torneios realizados desde 1992-93. Times da Alemanha e da França venceram menos vezes, mas a força econômica de suas ligas faz com que sejam sempre candidatos; é o caso do Paris Saint-Germain e também do Olympique de Lyon, ambos entre os 15 clubes com mais vitórias em jogos da Champions, mas que nunca venceram.

Apenas em duas ocasiões o vencedor da Champions foi um time de fora desse
Top-5: em 1995 (Ajax, Holanda) e em 2004 (FC Porto, Portugal).

Em que mercados é possível apostar

Tem dois grandes tipos de palpite:

Os resultados de cada jogo, que podem incluir opções intermináveis:

  • Vencedor
  • Resultado final
  • Resultado ao intervalo
  • Quem marca primeiro
  • Acima/abaixo (se o resultado final ficará acima ou abaixo de um certo número de gols)
  • Resultado com handicap
  • Ambos os times marcam (sim ou não)
  • Parte com mais gols (primeira, segunda ou empate)

Prever quem será o vencedor da Champions League é o mais óbvio dos mercados de apostas de longo prazo. As “odds” (probabilidades) estabelecidas pelas casas de apostas online são mais altas antes da fase de grupos começar, e vão depois descendo se um determinado time mostrar sucesso. Também existem “odds” para determinar que times podem chegar na final e nas semifinais; na época de 2018-19, poucos seriam capazes de prever que Ajax e Tottenham chegariam nas semifinais e que um deles seria mesmo finalista.